Publicado em 6 comentários

Sanca ou rebaixo de gesso

Sanca ou rebaixo de gesso, qual é o melhor usar no teto?  Muitos acham que eles são a mesma coisa, mas na verdade, há diferenças entre eles. 

O forro de gesso fica a alguns centímetros de distância da laje e da parede, percorrendo todo o teto de forma uniforme. Nesse sentido, ele permite a instalação de luminárias em diversos pontos do teto, e não somente no centro do ambiente. Dessa forma gera-se maior flexibilidade no projeto luminotécnico.

1. Rebaixo com negativo

Na imagem abaixo temos um rebaixo com negativo. Veja ali do lado que tem um pequeno espaço, que é a dilatação que os gesseiros deixam, para que o gesso não trinque!

sanca ou rebaixo de gesso
Rebaixo de gesso

2. Rebaixo com sanca

Já a sanca é um acabamento de gesso instalada no ponto em que o forro e a parede se encontram. Ela pode ser apenas decorativa ou então conjugada com a iluminação do ambiente. Também, ela pode ser aberta ou fechada, com ou sem iluminação embutida.

Na imagem abaixo temos a sanca aberta com uma iluminação embutida e, dependendo da lâmpada, pode focar de forma direta ou difusa. Em outros modelos, a iluminação é feita de forma linear entre a sanca e a parede com fitas led, proporcionando o efeito indireto.

Sanca ou rebaixo de gesso
Sanca de Gesso

Saiba Mais: Teto vinílico na decoração

3. Rebaixo com sanca invertida

Hoje na decoração de ambientes, existe a sanca invertida, que é um rebaixo do forro de gesso no teto com uma distância maior entre o gesso e a parede. Pode usar com ou sem iluminação. Se optar por usar iluminação, ela trás um efeito indireto quando se usa nas laterais. Na imagem abaixo também vemos o efeito de luz direto com as luminárias embutidas. Saiba Mais: sobre tipos e efeitos de iluminação.

Sanca ou rebaixo de gesso
Sanca Invertida

Esta sanca abaixo é invertida, com iluminação embutida dando este efeito indireto, decorativo!

Sanca ou rebaixo de gesso
Sanca Invertida

O que não se conhece não se aplica, e os projetos tornam-se pobres de soluções.

Saber conhecer materiais de revestimentos é essencial para quem gosta de decoração de ambientes. Aonde vai o que, como algo é feito e por aí vai… permitindo que a sua imaginação e criatividade vão longe! 

No Programa de Formação em Design de Interiores do IBDI, sabia que tem uma disciplina que fala só de materiais e acabamentos? Eles explicam de forma muito detalhada todo o processo criativo e conhecimento dos revestimentos e ainda trabalham com você exercícios bem pontuais que te ajudam, de fato, a assimilar o conteúdo e entrar no time de profissionais que estão se destacando no mercado.  

6 comentários sobre “Sanca ou rebaixo de gesso

  1. Qdo tenho armários aéreos e quero a sanca nr 2, como devo proceder? – levar a sanca até a parede com a mesma medida do contorno do teto ( 50 cm) ou começo a medida nesta parede após a profundidade dos armários. Ficaria 3 lados do teto de 50 cm e um lado avançaria 85 cm ( 35 cm é dos aéreos) ou faço todos lados 50 cm e onde tem armários, aparecerá apenas 15 cm de sanca! Obrigada por me ajudar!!

    1. Olá Estela maris de oliveira tudo bem?

      O ideal seria deixar a sanca com 85cm na parte do armário, porque esteticamente fica mais bonito!

      Acesse para saber mais: https://www.ibdi-edu.com.br/home/sanca-ou-rebaixo-de-gesso/

      Conheça também nossos cursos: https://ibdi-edu.com.br/decoracao-design-e-projeto/

      Se tiver dúvida fale com nossa equipe no 47 992226073!

  2. Achei bacana suas dicas.

  3. Perfeita a sua explicação quanto à diferença entre ” rebaixo de gesso” e ” sanca invertida”. Muito bom. Obrigada.

  4. Excelente artigo e dicas!
    Vou usar muitas dessas ideias!
    Parabéns!

  5. Muito boas as dicas….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =