Publicado em

Sanca ou rebaixo de gesso

Para rebaixar o teto, os forros e as sancas de gesso são os mais utilizados. Muitos acham que eles são a mesma coisa, mas na verdade, há diferenças entre eles.

O forro de gesso fica a alguns centímetros de distância da laje e da parede, percorrendo todo o teto de forma uniforme permitindo a instalação de luminárias em diversos pontos, e não somente no centro do ambiente, o que gera maior flexibilidade no projeto luminotécnico.

Já a sanca é um acabamento de gesso instalada no ponto em que o forro e a parede se encontram, podendo ser apenas decorativa ou conjugada com a iluminação do ambiente. Ela pode ser aberta ou fechada, com ou sem iluminação embutida.

Hoje na decoração, existem também as sancas invertidas, que é um rebaixo do forro de gesso no teto com a mesma proposta da sanca aberta que é uma iluminação indireta, porém, neste caso, a iluminação é voltada para as laterais, para as paredes e não para o centro do ambiente.

Este é um rebaixo com negativo. veja ali do lado que tem um pequeno espaço, que é a dilatação que os gesseiros deixam, e que hoje virou moda decorativa!

Esta sanca é aberta e a iluminação é embutida e, dependendo da lâmpada ali colocada, pode focar de forma direta ou difusa. Em outros modelos, a iluminação é feita ali dentro da sanca mesmo, proporcionando o efeito indireto.

Esta sanca é invertida, com iluminação embutida dando este efeito indireto, decorativo!

Esta é a sanca invertida, veja que há um espaço grande entre o teto e a parede e inclusive tem iluminação embutida

Sanca ou rebaixo de gesso

Um comentário sobre “Sanca ou rebaixo de gesso

  1. Muito boas as dicas….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *