Publicado em

Regulamentação da profissão de Design de Interiores

Os benefícios de ser um profissional regulamentado são diversos, dentre eles: uma maior segurança em relação aos profissionais atuantes no mercado, aquisição de diversos direitos e deveres, prestar concursos e, claro, dar à sociedade uma satisfação em relação as atividades que demandam fiscalização maior.

Na Regulamentação da Profissão de Design de Interiores através da LEI Nº 13.369, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2016, não há distinção entre as atribuições de egressos de cursos técnicos e superior. A Lei foi sancionada reconhecendo o título de designer de interiores, independente da formação.

Também podem atuar na área engenheiros, arquitetos e até auto-didatas. É isso mesmo, porém, para que sua carreira de fato decole, é necessário tomar conhecimento de algumas variáveis que são decisivas para fechar o projeto com o cliente.

Pense comigo:

Você contrataria um designer de interiores somente perguntando se ele tem diploma na área? Você estaria disposto a gastar $$$ em um projeto, pelo diploma que o profissional carrega? Ou você contrata um profissional que entendeu as tuas necessidades e você se sentiu seguro com ele? Agora se o profissional tiver os dois requisitos?

Para alcançar uma carreira de sucesso em design de interiores, você deve além de deter o conhecimento técnico de composição de espaços logicamente, saber lidar com as pessoas, resolver o "problema"delas, entender o que, de fato, elas estão buscando, querendo. 

Se o cliente te pergunta algo sobre tal material de revestimento, você saber dar uma resposta bem fundamentada, vai mostrar a ele que você domina o assunto, que você entende realmente. São gatilhos mentais que você projeta no cliente, e que te ajudam a fazer com que ele perceba que você é esclarecido sobre o assunto. Isso se chama >> comunicação assertiva...

Então o diploma não serve?

O diploma serve e muito. Ele entra justamente para fazer a diferença no quesito segurança, com o objetivo de ter uma obra executada por um profissional que detém de conhecimentos embasados e também de registro profissional como no caso do CREA através das ARTs, estas que somente alguns diplomas podem fornecer, e que unindo com o bom atendimento, faz você fechar o projeto com o cliente, um grande diferencial.

Arquitetos e engenheiros tem diploma e também registro profissional, porém, os designers de interiores com diplomas reconhecidos tem tudo isso e muito mais. Eles possuem estudos específicos para projetos de interiores, ao contrário destes outros profissionais, onde a grade curricular é composta de projetos de edificações apenas, com uma ou outra disciplina de interiores optativa.

EVITE PROBLEMAS FUTUROS

Você sabia que somente Instituições de Ensino credenciadas pelo Ministério da Educação ou através do Conselho Estadual Educação podem oferecer a você o Diploma de Design de Interiores? Sim, escolas que oferecem cursos livres de qualificação na área, não tem habilitação para emitir Diploma, pois não possuem carga horária mínima de 800h e nem a autorização devida perante a estes órgaos. 

​Para quem deseja atuar com execução dos projetos de design de interiores, e evitar problemas com fiscalização da obra e, principalmente aborrecimentos com o cliente que pode ter sua obra eventualmente autuada por irregularidades, é importante que faça uso do registro profissional, porque em algum momento da profissão, irá precisar.

E o que seria este registro profissional?

A ABD é uma associação de Classe que disponibiliza recursos aos seus associados. É portanto uma credencial válida, pois motiva e promove ações que estimula o desenvolvimento da profissão. Só pode obter esta credencial alunos de cursos autorizados pelo MEC e CEEs com no mínimo carga horária de 800h.

Já o CREA é um registro profissional do órgão de classe onde informa que o designer de interiores está apto e legalmente habilitado a exercer plenamente a profissão. Somente escolas vinculadas ao CREA é que podem promover o acesso do aluno a este órgão.

O CREA, assim como a Lei que regulamentou a profissão, não diferencia as modalidades de ensino tecnólogo, bacharel e técnico, portanto, alunos egressos desses cursos , se atendido os requisitos, poderá ser concedido o título de Técnico(a) em Design de Interiores e as atribuições constantes na Lei 13.369/16 regulamentada, adquirindo automaticamente o direito de projetar/executar projetos de interiores.

​Veja bem, da mesma forma que um paciente procura um médico portador de CRM, um cliente é defendido por um advogado que possui registro na OAB, o designer de interiores também tem o seu registro no CREA para projetar interiores. Registros profissionais respaldam o profissional e geram credibilidade, pois demonstra que este profissional está apto e legalmente habilitado a exercer plenamente a profissão! 

Ambas as credenciais da ABD e do CREA são importantes, e vale lembrar que a profissão está sendo muito difundida e com isso a necessidade de profissionalização técnica é iminente e não é uma coisa que poderá ser negligenciada futuramente. 

Regulamentação da profissão de Design de Interiores

26 comentários sobre “Regulamentação da profissão de Design de Interiores

  1. Eu fazia um curso técnico de decoração que após o término teria registro no CREA. Minha dúvida é que agora existe CAU. Dei uma pesquisada e me parece que eles fazem de tudo para rejeitar a profissão de design de interiores. Eu tenho interesse em fazer esse curso, parei o que eu fazia porque a escola era pública e todos os projetos eram a mão. Não tinha computadores e professores habilitados para AutoCAD, arquivo 3D ou ao menos o Promob. Sou de Porto Alegre e quero saber a qual dos conselhos este curso tem vínculo? CREA ou CAU do RS??? Obrigada

    1. Boa tarde Letícia o nosso departamento comercial vai entrar em contato com você dentro de alguns minutos para tirar todas as suas dúvidas referente ao curso.
      Abraço.

    2. Oi Letícia, ao final do nosso Programa de Formação em Design de Interiores, você pode obter o registro no CREA. O CAU é o órgão dos arquitetos. O design de interiores é uma profissão regulamentada por Lei, portanto você pode atuar como designer de interiores. Na Faculdade de arquitetura o conhecimento em interiores se resume a poucas aulas, pois o foco do curso é construção civil e urbanismo. Por isso que muitos arquitetos e estudantes de arquitetura procuram o ibdi para adquirir os conhecimentos e entram na área de interiores também como designers de interiores. Abraço.

  2. Boa tarde, aproveitando a pergunta da colega Leticia Blume, pode me informar tbm ,qual dos conselhos este curso tem vínculo? CREA ou CAU do RS?

    1. Boa tarde Michele Martins, temos vínculo no CREA onde após formados os alunos podem se filiar para atuação profissional, informações por ibdivirtual@ibdi-edu.com.br ou via whats 047 9 9222-6073, Att, Equipe IBDI

    2. Oi Michele, ao final do nosso Programa de Formação em Design de Interiores, você pode obter o registro no CREA. O CAU é o órgão dos arquitetos. Abraço

  3. Olá, sem querer causar, vendo o site da ABED, na parte Credenciado pelo mec : “não se aplica”
    e em outras instituições ex: ABRA é reconhecida pelo mec.
    é só uma duvida, e desculpa qualquer coisa.

    1. Oi Janclaus,
      o MEC autoriza cursos de graduação, o nosso curso e o da Abra é curso técnico que são autorizados pelos Conselhos Estaduais de Educação que são os órgãos vinculados ao MEC. Entre neste >> link do MEC << e você verá o nosso credenciamento. Abraço

  4. Ola, se estiver formada como designer de interiores e inscrita no crea, posso emitir a art? Obrigada!

    1. Oi Bruna, pode sim, dentro das áreas que lhe couberem. Abraço

  5. Bom dia

    Sou do interior de Minas Gerais, queria saber mais sobre o curso de design de interiores

    1. Bom dia Sara,
      Tudo bem? Nosso departamento comercial estará entrando em contato com você dentro de alguns minutos, Att, Equipe IBDI.

  6. Olá! Gostaria de saber mais sobre o curso de design de interiores a distância. Como e quando são as aulas e provas presenciais? Porque sou do interior de MG e estou interessada no curso. Obrigada!

    1. Olá Ana cristina,
      Tudo bem? Nosso departamento comercial estará entrando em contato com você dentro de alguns minutos, Abraço.

  7. Gostaria de saber se tecnólogo em design de interior pode assinar projeto de acordo com a nova lei que regulamenta pois o
    Aqui na cidade de caraguatatuba não aceitam projetos de tecnólogo de design de interior somente os engenheiro , arquitetetos,técnico em edificação, e somente bacharel em design em interior ,
    Eles reprovam um projeto e execução de obra de um tecnólogo em design de interior isso eles não aceitam os projetos e responsabilidade na execução da obra me ajuda

    1. Oi Cristiano, conforme a regulamentação da profissão, até mesmo quem não tem escolarização ( auto-didatas) em Design de Interiores podem atuar na área. Abraço.

  8. Ola gostaria de saber se apos concluir o curso tecnico de Designer de Interiores Senac ead de 800hrs, posso obter registro junto ao orgão?

    1. Oi Elke, se você realizar aqui no ibdi, você pode obter sim, já no senac não sabemos te informar. Tente obter estas informações com eles. Abraço 😉

  9. fiz curso de designer interiores presencial, nao era Técnico em Design de Interiores. (a Distância) 9-171280001-0 , como fica o registro? como faço?

    1. Oi Rose, você deve entrar em contato com a secretaria e ver o seu caso, abraço.

      (47) 3473-9022 (47) 99119-9353 Whatsapp comercial.jlle@ibdi-edu.com.br
      (47) 3222-3923 (47) 99721-0291 whatsapp (47) 99222-6073 whatsapp bnu@ibdi-edu.com.br

  10. Contratei uma “profissional” que se intitula design de interiores pela cidade. No entanto, foram só erros atrás de erros, coisas que até quem nunca mexeu com materiais saberia, e ela não sabia. Me causou danos gigantescos!!! Depois descobri que ela não tem registro nenhum, que foi reprovada no curso do senac que fez. Posso fazer alguma coisa no sentido de denúncia?

    1. Oi Rachel, a regulamentação da profissão informa que qualquer pessoa pode se intitular designer de interiores, por isso sempre sugerimos que o cliente antes de contratar o serviço do profissional, verifique suas credenciais como a da ABD e do CREA, e também busque conhecer o profissional e os trabalhos realizados. No seu caso, você deve analisar o contrato que assinou com o profissional e buscar uma orientação jurídica. Abraço

  11. BOA NOITE, EU TRABALHO COMO DESGNER DE INTERIORES EM MS, E NAO TENHO O MEU CERTIFICADO DA AREA, TERIA COMO EU FAZER ESSE CURSO A DISTANCIA EM OUTRO ESTADO? COMO DEVO PROCEDER?

    1. Oi Renata, nosso curso é a distância, você pode fazer sim. Fale com o atendimento no whatsapp 047 9 9222 6073. Abraço

  12. Bom dia, meu nome é Gislene e sou recém formada em Design de Interiores, ainda não trabalho na área estou me organizando pra isso, bom a minha pergunta é: Como recém formada é preciso que eu já me credencie pela ABD e o Crea?, lembrando que eu ainda não sou uma empreendedora.

    1. Oi Gislene, a profissão não exige que você se filie a ABD ou CREA, porém obter estas credenciais te ajudam no respaldo profissional pois comprovam que você passou por uma Instituição de Ensino credenciada nestes órgaos, então meu conselho é aproveitar este diferencial que você tem direito, seguir as orientações e os benefícios que elas oferecem. Para receber estas credenciais, você não precisa ser empreendedora. Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *